Um paradigma a ser vencido!

Um paradigma a ser vencido!

Estamos atingindo a marca de aproximadamente 300.000 unidades habitacionais construídas em paredes de concreto, neste ano de 2014.

 

Um número expressivo, se considerarmos a retomada deste sistema no cenário da construção em meados de 2008.

 

Dois fatores foram determinantes para este crescimento: o programa habitacional “Minha Casa Minha Vida”, do Governo Federal, e a promulgação da norma específica para o sistema – NBR 16.055 – Projeto e execução de paredes de concreto moldadas no local.

 

A prática do sistema já confirma o que se esperava: velocidade na execução, redução de prazos e consequente competitividade para o negócio.

 

Observamos também a migração deste sistema para o segmento privado das incorporações.

 

O sistema parede de concreto tem uma cadeia de fornecedores – materiais e serviços – relativamente reduzida, mas muito atuante e ativa, na criação de soluções para melhorar o desempenho e a execução das obras que adotaram este sistema como opção tecnológica.

 

No entanto, para a consolidação do sistema, alguns paradigmas precisam ser vencidos na relação entre contratante e contratado, objetivando melhorar ainda mais os resultados que o sistema pode oferecer.

 

Gostaríamos de pontuar alguns destes itens, considerando os dois lados: o lado da empresa contratante e o lado da empresa contratada.

 

Construtora:

  • Identificar para o seu negócio empresas fornecedoras de materiais e serviços que tenham conhecimento e prática com o sistema.
  • Envolvê-las já na fase de projeto – arquitetura, estrutura, instalações – momento em que as melhores soluções podem fazer a diferença.
  • Ter o seu fornecedor como um aliado e não como um “inimigo”. Esta relação facilita, compartilha e potencializa os ganhos entre as partes. Acredite que ele possa trazer novidades que contribuam para melhorar a produtividade, atender às normas técnicas vigentes e garantir a qualidade desejada. A Norma de desempenho – NBR 15.575 – já está em vigor.
  • Nas negociações comerciais, o item preço é importante, mas não determinante. Avalie a qualidade, atendimento às normas, agilidade e garantia nas entregas e, sobretudo, nos compromissos assumidos que resultem em benefício mútuo.

 

Fornecedor:

  • Conheça melhor o negócio do seu cliente: expectativas de resultados, entregas das unidades, estratégia operacional, dificuldades que eventualmente ele identifique e também o que ele espera de você. Se aproxime dele!
  • Não o abandone após a concretização da venda! Participe de todo o processo: projeto, implantação da operação, treinamento técnico / gerencial e melhorias durante a construção. Isto fideliza e fortalece a relação.
  • Converse com ele sobre a sua participação no processo: os objetivos estão sendo bem trabalhados? Alguma melhoria a ser feita? Alguma crítica? Vá desarmado para este diálogo…

 

As dicas aqui elencadas podem parecer óbvias e redundantes, mas infelizmente acontecem muito pouco no dia a dia.

 

Para melhorar cada vez mais os benefícios do sistema parede de concreto, é importante estar atento aos detalhes, atitudes e novas posturas.

 

Faça uma reflexão e avalie a sua relação com a construtora ou com seu fornecedor.

 

Se possível, organize com seus fornecedores estratégicos discussões compartilhadas e integradas. Isto potencializa ainda mais os ganhos do negócio, minimizando também riscos na operação e “surpresas” futuras.

 

Praticar novas atitudes e compartilhar pequenas ações podem garantir os resultados, fidelizar a relação e criar novas oportunidades, para os dois lados.

 

Mude e pratique, que naturalmente os resultados aparecerão!

 

Eng. Ary Fonseca Júnior

 

Signo Engenharia

Eng. Ary Fonseca Júnior, Signo Engenharia