Cuidando mais de casa

Perspectivas de retomada da construção em 2017

perspectivas-astra-2017-i

É difícil fazer previsões, especialmente sobre o futuro brasileiro, afinal a inflação em 2016 voltou a ficar dentro do teto da meta de 6,5%, o que não vinha acontecendo desde o início de 2015, ficando em 6,29%. A expectativa para 2017 é de fechamento em 4,9% e, 2018, em 4,5%. Com isso, o Brasil volta aos trilhos do antigo Plano Real. Então 2017 poderá ser um ano de emoções, mas também pode ser uma semente para uma política mais limpa e uma economia mais forte.

 

Embora o cenário aponte que a população permanecerá mais regrada, concordo quando a analista de mercado da consultoria americana Nielsen, Amanda Bezerra, diz que “o lar é o novo bar dos brasileiros”, pois nos dá mais esperança de que as pessoas cuidarão mais dos seus lares, pois passarão mais tempo nele, investirão mais em suas moradias e com isso movimentarão a cadeia da construção civil brasileira.

 

E, nós, que cuidamos do segmento de construtoras, temos que ficar atentos a esse movimento e continuar presentes nos atuais e potenciais clientes, arregaçar as mangas e buscar novas oportunidades de construtoras menores e que antes passavam despercebidas, pois estas podem ser nossa retomada ao crescimento.

 

Por isso, acreditamos que 2017 seja o ano de retomada e de ajustes das velas para conseguirmos navegar nesse mar que vem de anos agitados e revoltos.

 

 

Cleverson Aislan Callera

Vendas Técnicas Astra